Blog Madá

Sedentarismo: 5 dicas infalíveis para vencê-lo de uma vez por todas

Cansaço extremo durante o dia, fraqueza, dor nas articulações, sono agitado e acúmulo de gordura. Esses sintomas são alarmes que o corpo emite para denunciar os impactos do sedentarismo. Embora muita gente tenha razões plausíveis para não praticar esportes no seu cotidiano, essa escolha tem um preço.

Além dos problemas de saúde ocultos que o sedentarismo causa, como doenças cardiovasculares, pressão alta e diabetes, os efeitos do sedentarismo também afetam a sociedade como um todo. 

Existe um impacto na economia global, calculado por epidemiologistas da revista médica The Lancet, causado pela inatividade física. Foram contabilizados os gastos com tratamento e a perda da produtividade em decorrência de doenças associadas ao sedentarismo e o resultado foi US $67,5 bilhões no mundo inteiro. Só no Brasil, o valor calculado foi de US $3,62 bilhões.

É claro que dinheiro importa, mas a vida vale mais. O sedentarismo mata cerca de 53 milhões de pessoas no Brasil por ano, passando a marca do tabagismo (5,1 milhões) e da obesidade (3 milhões). Além disso, existe uma insuficiência de políticas públicas voltadas para o estímulo à atividade física, o que torna o sedentarismo uma questão de saúde pública.

Tal epidemia se arrasta ao longo dos anos, mas tem recebido alguma atenção nos últimos tempos. A incorporação de calçadas de pedestres e ciclovias no planejamento urbano já é um sinal de melhoria dos investimentos públicos na saúde. Além disso, as pessoas têm buscado alternativas lúdicas e com a utilização de poucos recursos para se exercitar, através de esportes que tragam mais bem estar e reforcem a saúde mental, como o Pilates e a atividade funcional. 

Veja como se livrar desta doença, através de mudanças de hábitos simples que não precisam esperar a próxima segunda-feira para serem iniciadas.

Como combater o sedentarismo

É importante iniciar a prática de atividade física com alguma parcimônia e, principalmente, com orientação médica e especializada. Recomenda-se iniciar as atividades físicas de forma gradual, priorizando o bem estar em detrimento da busca pelos resultados imediatos.

Até porque os resultados surgem depois da associação da vida ativa com a ingestão de alimentos saudáveis. Isso significa uma dieta controlada em gorduras e açúcares, que são os vilões dos processos de reeducação alimentar.

Além disso, a sociedade moderna tem exigido dos indivíduos cada vez mais horas de trabalho, exaurindo a energia e o tempo para a realização de atividades físicas. Este é um ponto que deve ser pensado de maneira individualizada, para encontrar o melhor horário no dia para que o exercício físico possa ser priorizado.

Sabemos que a alteração do consumo e padrão alimentar e a (re)inclusão de atividade física são a chave mestra para o combate ao sedentarismo, mas outros fatores relacionados à saúde mental também podem interferir nesta retomada da saúde geral. Sobre este aspecto, é interessante buscar ajuda profissional e fazer escolhas no dia a dia que proporcionem mais momentos prazerosos, como a leitura de um livro, tempo de qualidade com a família ou até mesmo momentos de lazer ao ar livre.

Selecionamos cinco dicas que podem servir como poderosas armas na guerra contra o sedentarismo.

1 – Acordar cedo

Algumas pessoas se auto intitulam como pessoas noturnas, incapazes de serem vistas com bom humor pela manhã. Não será este o artigo que irá contrariá-las, especialmente se o leitor estiver nos prestigiando logo cedo. No entanto, estudos comprovam que realizar atividade física pela manhã é uma estratégia poderosa para melhorar a disposição e energia durante o dia, aumentar a concentração, ajudar com a perda de gordura e estimular a alimentação saudável e nutritiva. Dentre as atividades recomendadas estão caminhada, ciclismo, polichinelo e flexões. 

2 – Planejar a rotina

É difícil optar por uma fruta ao invés de coxinha se a fruta não estiver higienizada e cortada, pronta para o consumo. Ela deve ser mais acessível que o alimento de menor valor nutricional e isso exige planejamento. 

Planejar a rotina é uma das melhores formas de evitar a autossabotagem. Isso inclui reservar um tempo durante o dia para a prática de algum esporte e também cozinhar a própria comida, evitando os lanches na rua.

Além disso, é possível incluir na rotina a leitura de um bom livro, uma boa playlist para ouvir enquanto dirige e algum tempo para as brincadeiras com as crianças ou com os pets. Acredite, esta pode ser uma ótima oportunidade para suar e liberar as toxinas.

3 – Pensar de maneira sustentável

Você já pensou em substituir o carro pela bicicleta? Ou até mesmo, deixá-lo um numa vaga um pouco mais distante para acumular mais passos no seu dia? Realizar as funções do dia a dia como ir às compras, trabalhar ou resolver pendências na rua de maneira sustentável pode ser uma boa opção de atividade física para quem não tem muito tempo. Para as pessoas que residem longe do trabalho e utilizam transportes públicos, uma boa solução é descer um pouco antes do ponto habitual e completar o caminho a pé. Além de um enorme benefício a sua saúde, também estará beneficiando o meio ambiente.

4 – Vá de escada!

Sempre que for possível, optar pelas escadas ao invés do elevador ou das escadas rolantes é uma ótima maneira de tonificar os músculos das pernas e melhorar o condicionamento cardiovascular, além de queimar as calorias. Uma ótima pedida para quem deseja pernas mais torneadas.

5 – Frequentar uma academia

Pode ser academia, estúdio de Pilates, quadras poliesportivas ou escolas de dança. O importante é estar num ambiente onde a atividade física seja o objetivo principal dos frequentadores do local. Além de estimular a socialização, as academias e estúdios são ambientes onde se troca informações importantes sobre a prática de atividade física, principalmente com os profissionais da área.

O Vila Madá é um estúdio pronto para receber as pessoas que desejam virar a chave do sedentarismo para aumentar sua qualidade de vida. Por isso, são oferecidas diversas modalidades para que o praticante se identifique e não mais abra mão da sua saúde.

Leia também sobre o pilates como indicação médica para pessoas sedentárias

Posts Populares

O Vila Madá

O Pilates Vila Madá está em atividade desde 2007 e foi totalmente planejado para oferecer um atendimento diferenciado. Com ambientes amplos, modernos e bem equipados, o local conta com profissionais extremamente capacitados para lidar com cada aluno de forma individual e personalizada.

Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência.