Blog Madá

pilates dores na coluna

Pilates para alívio de dores na coluna

Sabe aquela dor nas costas que insiste em incomodar ao final do dia? Pois é. Ela tem sido uma das principais queixas da maioria dos brasileiros e o Pilates pode ser uma excelente forma de resolver esse problema. Neste artigo, você vai entender como.

As causas para a dorsalgia, que é o nome que se dá às dores na coluna torácica, podem ser muitas. No topo da lista, temos algumas patologias causadas pela má postura, a sobrecarga ou sobrepeso, tensões musculares, fraquezas musculares, entre outras.

O método Pilates atua com seus princípios básicos não só no sintoma da dor, como também na causa dela. Através do fortalecimento muscular, alongamento, trabalho de mobilidade, propriocepção e consciência corporal.

Como o Pilates pode trazer a sua coluna de volta

Além de proporcionar um momento de reconexão com o seu corpo, o Pilates trabalha com elementos que objetivam a correção postural e respiração consciente.

Através dos exercícios de pilates, é muito provável desenvolver um condicionamento físico que combata as principais causas para as dores na coluna. Além disso, o método também garante o bem estar, proporcionando uma sensação de relaxamento e melhorando a autoestima.

Há muitos motivos que podem verter em dores fortes na coluna, tais como:

  • Má postura no uso excessivo de computadores;
  • Tensões musculares ocasionadas por estresse;
  • Exercícios de impacto que causam lesões;
  • Sedentarismo;
  • Atividades físicas praticadas sem a devida observação profissional;
  • Sobrepeso;
  • Patologias como hérnia de disco, artrose e artrite.

Estes são fatores que podem ser resolvidos através de Pilates e o primeiro passo é vencer o sedentarismo.

Exercícios de Pilates para dores na coluna

Os exercícios de Pilates são concentrados na respiração consciente e correta. Também é necessário realizar a ativação do core, que é o nosso centro de força, para manter as posturas e realizar a execução precisa dos exercícios.

Deste modo, o fortalecimento dos músculos provoca maior estabilidade da coluna, reduzindo significativamente as dores da na região lombar e cervical.

A prática de Pilates deve ser realizada com acompanhamento de instrutor habilitado, de modo a orientar o aluno com a execução dos exercícios de maneira correta. É indicado iniciar a prática com exercícios mais leves e progressivamente aumentar a carga.

Alguns exercícios de pilates indicados para reabilitação e tratamento de dores na coluna e lesões em geral são:

  • Mobilidade cervical

Com a toalha grossa enrolada ao redor do pescoço, o aluno deve realizar a rotação da cervical tocando a superfície da toalha. Este é um exercício que pode ser feito em casa e tem como objetivo a mobilidade e o relaxamento da coluna cervical.

  • Back Extension

O aluno deve estar sentado no solo, sobre os ísquios e com as mãos na nuca e o rolo horizontal apoiado abaixo das escápulas. Deve haver a extensão do tronco, sem tirar a pelve do solo. O nível de dificuldade do exercício se eleva colocando o rolo mais próximo às vértebras torácicas baixas. 

O principal objetivo desse exercício é aumentar a mobilidade da coluna em extensão, alongando a cadeia anterior.  Este exercício é muito indicado para dores na lombar, cervicalgia e osteoporose.

  • Swan

Para realizar este exercício, o aluno deve estar em decúbito ventral sobre o assento do equipamento Chair, com as mãos sobre o pedal. O aluno deve então realizar a subida do pedal simultaneamente à extensão do tronco.

É possível facilitar o exercício, colocando a caixa de extensão da Chair ou bola suíça, apoiando os membros inferiores. O aluno deve manter as mãos alinhadas com os ombros e dos pedais. 

O objetivo desse movimento é alongar a cadeia anterior e fortalecer a cadeia posterior, o que ajuda muito com as dores na coluna.

  • Roll over

Em decúbito dorsal, o aluno deve flexionar os quadris a 90° e realizar uma extensão de joelhos com flexão plantar. Com as mãos supinadas no pedal, a cabeça deve estar apoiada na barra de madeira da Chair. 

Em seguida, o aluno deve fazer a flexão de cotovelos descendo levemente o pedal e logo depois deve realizar a flexão de quadril, coluna lombar e torácica. É importante não apoiar os pés no assento da Chair. Então, o aluno deve retornar à posição inicial, controlando o movimento.

O objetivo desse exercício é fortalecer os músculos abdominais, além de mobilizar também a coluna lombar e torácica em flexão e alongar a cadeia posterior.

É comum sentir dores na coluna, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) cerca de 80% da população sofre desse mal. Mas isso não é algo com o qual se deve acostumar. As crises podem ser paralisantes e impedir a execução de movimentos simples do dia a dia.

O Pilates tem sido cada vez mais recomendado por médicos especialistas em coluna porque complementa o tratamento de forma, sobretudo, agradável, proporcionando lazer e mais qualidade de vida.

Agende a sua avaliação e conheça o método que vem devolvendo o movimento para a vida de muitas pessoas acometidas com dores na coluna. Não sofra mais com dores na coluna, pilates é saúde e bem estar.

Leia também sobre o papel do pilates no tratamento de dores na cervical

Posts Populares

O Vila Madá

O Pilates Vila Madá está em atividade desde 2007 e foi totalmente planejado para oferecer um atendimento diferenciado. Com ambientes amplos, modernos e bem equipados, o local conta com profissionais extremamente capacitados para lidar com cada aluno de forma individual e personalizada.

Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência.